Skip to content

Pomplamoose y sus covers barbaros

março 16, 2010

Era uma vez uma cidade chamada San Francisco, berço de boa parte da contracultura sessentista. Uma cidade em que eu moraria numa boa – parece o Rio de Janeiro, com sua atmosfera relaxada e leve. Essa mesma leveza que a dupla de namorados Nataly Dawn e Jack Conte levou para seu Pomplamoose (grapefruit em francês), projeto que ganhou fama graças ao UTube, playground para onde levam seus covers de músicas famosas y otras cositas mas. Gravam em seu estúdio caseiro e editam a música junto com o video, mesmo modo de confecção que o israelense Kutiman consagrou com seu projeto Thru-You. Ou seja, a timeline de video serve de matriz para a edição e mixagem da música. Em outros termos, tudo o que se vê no video é o que foi realmente gravado, mas às vezes a edição sofre um twist nas imagens, repercutindo no arranjo musical. Ontem subiram a versão de “Telephone”, R’n’B-pornô (pleonasmo) de Lady Gaga – no original, aqui:

O refrão recebeu uma nova harmonia: F | F7+ | Bb7 | Db7+ | Dm7 | % | Bº | Bb7. Quer saber? Sou bem mais essa música com os Grapefruits que com a Gagá.

Mais Pomplamoose em atmosfera old jazz, aqui. E também September, original dos fabulous Earth, Wind & Fire.

Dica da @DriSallesGomes

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: