Skip to content

Stravinsky: 99 anos do “Pássaro de Fogo”

junho 25, 2009

Não, não é um peru bêbado. São os 99 anos da premiére de “O Pássaro de Fogo” de Igor Stravinsky, que aconteceu em Paris com a companhia de dança Ballets Russes no dia 25 de junho de 1910. Sergei Diaghilev, mecenas da companhia, gostou tanto que repetiu a dose dois anos mais tarde com “A Sagração da Primavera”, com coreografia de Nijinsky e gerando um escândalo internacional: era uma obra bruta, visceral e sexual, muito mais radical que o pós-romântico Pássaro de Fogo. Por isso mesmo o Pássaro ficou eclipsado pelo divisor de águas que foi a Sagração.

E por que não comemorar os noventa e nove anos? Só valem datas redondas, 100, 50…? Ma va bene, olha só as preciosidades que a web nos proporciona: primeiro, o próprio Stravinsky regendo sua peça em 1965. Depois, a idéia do diretor Bruno Bozzetto no longa metragem de animação “Allegro Non Troppo” de 1978 (no Brasil, “Música e Fantasia”), filme conhecido também por ser uma das primeiras aparições do comediante Maurizio Nichetti (“Ladrões de Sabonete”).

Espere até os 03:44, quando a Cobra tem uma surpresa que não está na Biblia:

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: