Skip to content

Rádios para o Twitter: além do Blip.fm

maio 25, 2009

Não existe rádio NO Twitter, e quem usa essa rede social sabe disso; o que existe são sites agregadores que tocam música em streaming, fora da página do Twitter, a partir de links indicados por ela. Agora, uma das mais populares rádios-para-o-Twitter, o Blip.fm, está ameaçada de cantar o canto do cisne. É que seu principal database, SeeqPod, declarou falência. A maioria das músicas do Blip.fm estava hospedada nos servidores do SeeqPod, e isso obrigou a busca por um novo database. O escolhido foi o Imeem. Se você for baixar os arquivos que agora circulam pelo Blip, perceberá que estão no formato Flash (flv), usado pelo Imeem no lugar de mp3. Mas o Imeem também não vai bem das pernas, e não é garantia de que continuará a funcionar. Por isso é que agora também se encontram videos do YouTube no Blip, uma forma de manter o serviço carregado de algum conteúdo (péralá, não era uma rádio??).

Não importa. Existem outros métodos de se encontrar links musicais no Twitter. Um deles é o site Song.ly, similar ao Blip mas sem o componente de rede social deste (você não cria a “sua rádio”, apenas transmite uma música). Você digita o que quer twittar ou o link que quer retransmitir e então é gerado um tweet com o hashtag (tópico) #song_ly para facilitar a busca dentro do serviço. Como eu gosto das colcheias do Blip, prefiro copiá-las para o tweet, antes de sua transmissão. Customização básica.

Parecido com o Song.ly e com um visual bem tosco de um laranja irritante, o Songza também linka para videos do YouTube e permite criar sua própria playlist. Mas é tão feio que vou pro próximo, o Twt.fm, simples e parecido com todos esses outros, porém exigindo que você faça o log in no Twitter através de seu site (desaconselhável para paranóicos como eu – quem garante que não terei minha senha roubada?). Em todo caso, quem publica suas próprias músicas no Soundcloud pode criar um link para elas usando o Twt.fm, pois as duas plataformas trabalham juntas. E, quase igual ao Twt.fm, existe o Twiturm, que também exige que você dê sua senha do Twitter (se quiser criar seus próprios posts), mas permite um retweet de outras músicas sem que você seja cadastrado ou esteja logado.

Também é possivel encontrar músicas usando o serviço Musebin, que permite descobrir o que foi postado sobre determinado artista ou álbum. Nesse sentido, é muito mais um mecanismo de busca que um agregador ou retransmissor de conteúdo sonoro. Mas é simples e com visual clean, o que é um ponto positivo. E há também o Twisten.fm, igualmente simples e com uma dinâmica próxima ao Blip.fm: o serviço acessa o database da Grooveshark, companhia com milhões de músicas disponibilizadas para audição em streaming. O único inconveniente – se é que você vai achar – é que não é possivel retransmitir seus próprios links, apenas os da companhia. Mas o Twisten.fm permite não apenas achar música no Twitter como marcá-la e retransmití-la para o Facebook, FriendFeed, StumbleUpon, Del.icio.us, MySpace e Digg. Ah, e você tem que dar sua senha do Twitter para gerar seus próprios tweets (por que eles fazem isso?).

Para terminar, você pode pesquisar no Twitter digitando #musicmonday. Não é um site, é só um hashtag que rola toda 2ª feira, quando você pode postar sobre a sua “música do dia” ou qualquer outro assunto relacionado. Já postei via Song.ly usando e #musicmonday, o que é outra possibilidade. Existem muitos caminhos, e provavelmente esqueci de algum, por isso se você tiver outra dica pode me dar um toque, que atualizo neste post. Enjoy and join!

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: