Skip to content

Feijoada: João Bosco + Aldir Blanc

abril 8, 2009

4ª feira é dia de feijoada! Sempre com um samba para acompanhar.

A la carte: “Me Dá a Penúltima” foi gravada originalmente no “Tiro de Misericórdia”, disco de João Bosco de 1977 e hoje fora de catálogo – mas redivivo, aqui, pelo Loronix (lembra da novela “O Astro”, Francisco Cuoco, “Minha pedra é ametista/ Minha cor, o amarelo/ Mas sou sincero/ Necessito ir urgente ao dentista“? Então: tá nesse disco). Aldir Blanc regravou-a no seu 2º album solo, “Vida Noturna” (2005), e este video é um registro informal da sessão de gravação. Tá na mesa:

Eu gosto quando alvorece/ Porque parece que está anoitecendo/ E gosto quando anoitece que só vendo/ Porque penso que alvorece/ E então parece que eu pude/ Mais uma vez, outra noite/ Reviver a juventude/ Todo boêmio é feliz/ Porque quanto mais triste mais se ilude/ Esse é o segredo de quem, como eu/ Vive na boemia/ Colocar no mesmo barco/ Realidade e poesia/ Rindo da própria agonia/ Vivendo em paz ou sem paz/ Pra mim tanto faz/ Se é noite ou se é dia

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: